Voltar à home

É Halloween – mas é o quê mesmo? Descubram e levem ideias ecológicas

Bruxas, abóboras, vampiros, doces, travessuras. Mas afinal de onde vem esta mistura mágica que faz com que miúdos e graúdos se transformem num colectivo assustadoramente divertido? Na verdade, é uma tradição com origem bem europeia que tem vindo a migrar e a ser adaptada ao longo de cerca de 2 milénios. O Samhain (lido Sah-ween) era […]

Partilha

Bruxas, abóboras, vampiros, doces, travessuras. Mas afinal de onde vem esta mistura mágica que faz com que miúdos e graúdos se transformem num colectivo assustadoramente divertido? Na verdade, é uma tradição com origem bem europeia que tem vindo a migrar e a ser adaptada ao longo de cerca de 2 milénios. O Samhain (lido Sah-ween) era das festividades da Roda do Ano mais importantes para os celtas, celebrada entre 30 de Outubro e 2 de Novembro. O novo ano que começava, o Inverno que se instalava, a Natureza adormecia e celebrava-se o fim de mais um ciclo.

No entanto, era também o momento em que o véu entre o mundo dos mortos (espiritual) e o mundo dos vivos (material) ficava mais ténue. Banquetes e fogueiras eram preparados para homenagear e ajudar os espíritos dos antepassados na sua jornada e para afastar espíritos indesejados. Segundo alguns autores, era comum a utilização de máscaras como a conhecida Jack O’Lantern, cuja luz da vela dentro da abóbora desenharia sombras capazes de afastar os maus espíritos.

 

Todos os santos e Halloween

A história tende a repetir-se e, tal como outras festividades cristãs, também esta terá sido adquirida e adaptada pelo Papa Gregório IV: conseguiu, de forma muito inteligente, difundir práticas e datas pagãs com nova roupagem cristã, ao mesmo tempo que, ao irem sendo interiorizadas, as originais passariam a ser vistas como demoníacas. É desta forma que a noção de submundo e divindades sobrenaturais pagãs passam a pintar o fogoso “inferno” e as criaturas demoníacas, como as bruxas. Depois de algumas tentativas, tradições pagãs e cristãs viram-se misturadas, instaurando-se o dia 1 de Novembro como o dia de Todos os Santos (até
então celebrado em Maio), e o dia 2 como o dia dos Finados, relembrando-se os mortos que estão no purgatório a aguardar julgamento. O Halloween – que vem de All Hallows’ Eve: véspera (Eve) de Todos (All) os Santos (Hallows) – continuou a ser celebrado, mas os mortos errantes passaram a seres sobrenaturais maléficos, teatralizados nos dias de hoje pelas máscaras de fantasia, tal como as oferendas de comida e bebida outrora para acalmar os espíritos se tornaram hoje alternativa à travessura.

[post-ad]

Halloween ecológico

Desde os fatos de fantasia até à decoração da casa, podem sempre arranjar imaginação dentro do ambientalmente sustentável. Usem e abusem da reciclagem e da reutilização, evitem os descartáveis ou substâncias poluentes e que comece a diversão! Fantasmas que nascem de lençóis, teias de aranha gigantes tecidas com linha, vassouras de bruxa construídas com ramos secos e morcegos renascidos de rolos de papel higiénico são apenas algumas ideias. E no final, damos graças às abóboras usadas que serão cozinhadas. Feliz Dia das Bruxas e não se esqueçam…deixem um lugar vazio à mesa durante a ceia de dia 31 de Outubro, para que os vossos antepassados possam disfrutar do banquete, sem travessuras.

Texto: Inês Teixeira
Fotos: Unsplash

Talvez também queiram ler: 

Halloween ou Bolinhos e Bolinhós?

Mais Histórias

Os mais lidos do ano e uma piscadela de olho para 2022

Mesmo que meio às cambalhotas, com esta pandemia que parece não dar tréguas, chegamos ao fim de mais um ano de coração cheio e com a sensação de missão cumprida. Teimámos em manter as mangas arregaçadas e isso, juntamente com os encontros que foram acontecendo e as boas energias que nos foram chegando desse lado, […]

quote-icon
Ler mais small-arrow

Já viram os Concertos para Bebés programados para 2022?

Na recta final de um 2021 ainda bem desafiante, os Concerto para Bebés renovam as energias com um calendário cheio de coisas boas para descobrir em 2022. Além da programação regular no Convento São Francisco, em Coimbra, a companhia que faz espectáculos para crianças dos 0 aos 3 anos apresenta 11 programas distintos nas salas nacionais. A residência […]

quote-icon
Ler mais small-arrow

ACADEMIA STORIES | Estudo permite descontaminar máscaras de forma simples e barata

Uma equipa multidisciplinar da Universidade de Coimbra (UC) estudou e testou três formas simples e baratas de descontaminação de vários tipos de máscaras de proteção contra a Covid-19, que revelaram uma eficácia de praticamente 100%, permitindo vários ciclos de reutilização. O estudo, coordenado por Marco Reis, docente e investigador do Departamento de Engenharia Química da […]

quote-icon
Ler mais small-arrow