Contribuir small-arrow
Voltar à home

Vamos teletransportar os miúdos uns séculos e visitar os romanos

Foi-se o verão, dissemos adeus às férias grandes, mas nem por isso deixaremos de aproveitar os tempos livres para passeios em família. O que não faltam são opções na região. Hoje a sugestão é uma nova visita ao Museu Monográfico de Conímbriga, em Condeixa, a escassos minutos do centro de Coimbra. Criado em 1962, o […]

Partilha

Foi-se o verão, dissemos adeus às férias grandes, mas nem por isso deixaremos de aproveitar os tempos livres para passeios em família. O que não faltam são opções na região. Hoje a sugestão é uma nova visita ao Museu Monográfico de Conímbriga, em Condeixa, a escassos minutos do centro de Coimbra.

Criado em 1962, o espaço reúne um complexo arqueológico de peso, que reconstitui uma célula importante do Império Romano em Portugal nos últimos séculos antes de Cristo e pode ser um passeio bem atrativo até para crianças pequenas. Desde logo porque crianças até 12 anos, inclusive, não pagam para entrar!

À chegada outras vantagens ficam à vista: estacionamento amplo e gratuito, um bonito jardim à entrada, muito verde e espaço de sobra para os miúdos correrem livremente. Entre uma tropelia e outra, a depender da idade da criança, é possível envolvê-la numa brincadeira de teletransporte no tempo, estimulando-a a explorar partes da muralha de defesa da antiga cidade, conhecer as áreas de banhos, o fórum, contemplar a imponência e engenhosidade das colunas ou a beleza dos mosaicos ricamente adornados.  

Agora que o frio se anuncia, se forem lá num dia menos convidativo a passeios ao ar livre, há sempre a opção de abreviar o passeio na área externa e ficar mais tempo pelo museu, onde peças de decoração, moedas, utensílios domésticos, artefactos de trabalho e muitos outros achados arqueológicos são um verdadeiro convite à abstração. É impossível não imaginar a vida e os costumes daquele povo num passado tão longínquo e refletir, junto com as crianças, sobre os costumes daquela época e a origem de hábitos que se perpetuaram ao longo do tempo. É certo e sabido que pelo menos as crianças em idade escolar farão alguma correlação com algo visto nas aulas de História!

[post-ad]

Dica preciosa: aproveitem os dias de sol e levem água, sumo, frutas e outras coisinhas para finalizarem o passeio com um piquenique ao abrigo das oliveiras da área de merendas! Na falta disso, a cafetaria do local dispõe de café, gelados, sumos e lanches para que possam ficar mais um bocadinho a apreciar a zona envolvente, que  é rota de peregrinos e reserva uma paisagem perfeita para o descanso e a contemplação.

A entrada no Museu Monográfico e Ruínas de Conímbriga tem o custo normal de 4,5 € e os bilhetes podem ser adquiridos online. Aos domingos e feriados não são só as crianças que não pagam, a entrada é gratuita para todos os cidadãos residentes no território nacional. Está aberto todos os dias das 10h às 18h. Bons passeios!

Texto e fotos: Andréia Paiva
*A Autora escreve com o Novo Acordo Ortográfico

Mais Histórias

Podem descobrir o 25 de Abril em Coimbra nestas 5 visitas guiadas

Pierre Marie e Eduardo Albuquerque convidam à descoberta da história pública da cidade, a começar por aquela que teve início no Dia da Liberdade. Os passeios são interactivos e gratuitos, entre os dias 24 de Abril e 1 de Maio.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Gostavam de conhecer melhor Coimbra? Têm mais de 40 oportunidades até ao fim do ano

A Câmara Municipal retomou as visitas guiadas gratuitas ao património cultural e histórico da cidade com passeios todos os meses e para todos os gostos, até Dezembro.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Por causa deles esta é a época mais romântica para ir à Serra da Lousã

Chamam-lhe brama e é o cio dos veados. Como verbo significa berrar ou fazer estrondo e é exactamente isso que podem testemunhar por esta altura na deslumbrante Serra da Lousã. De Setembro a Novembro, os animais acasalam, por isso expõem-se mais e a serra é um local privilegiado para observá-los no habitat natural. Ponto alto […]

quote-icon
Ler mais small-arrow
Contribuir small-arrow