Voltar à home
Participem

Praça Pública

Conheçam

Your Priorities

Sugiram

Temas importantes

Vamos discutir a cidade? Tragam as vossas ideias para a Praça Pública

Não queremos que os assuntos que interessam fiquem pelo café, pelos jantares de amigos e pelas redes sociais por isso criámos uma comunidade online, que está à espera dos vossos contributos.

Partilha

Participem

Praça Pública

Conheçam

Your Priorities

Sugiram

Temas importantes

O Your Priorities (que significa As Vossas Prioridades, numa tradução livre) é uma plataforma online de geração de ideias e deliberação, que liga governos e entidades sem fins lucrativos a cidadãos de todo o mundo. Foi criada em 2008 e já foi utilizada por mais de 2 milhões de pessoas, no sentido de melhorar a tomada de decisões em centenas de projectos de 25 países.

A plataforma pode ser usada tanto em projectos públicos como privados e nós criámos a comunidade da revista Coimbra Coolectiva, a Praça Pública. Como o nosso foco são as soluções para a cidade e o apelo ao activismo cidadão, porque acreditamos que juntos podemos fazer parte da construção de uma Coimbra melhor e mais sustentável, a nossa ideia é a de, através deste mecanismo, discutir assuntos que identificamos que interessam à comunidade e não devem ficar na gaveta ou dispersos por conversas circunstanciais do café às redes sociais.

Como funciona?

Cliquem na Praça Pública, que encontram na barra da página inicial da Coimbra Coolectiva.

Cliquem em Entrar, no canto superior direito, e registem-se na plataforma através do Facebook ou criando uma conta como novo utilizador, com email e palavra passe.


Vão ter acesso à comunidade da Coimbra Coolectiva e ver os grupos que já estão criados. Podem optar por contribuir para um deles ou em todos.

Como contribuir?

Cada grupo parte de uma questão. Podem ver as ideias ou opiniões que já foram deixadas relativamente a essa questão e votar a favor ou contra, e deixar o vosso comentário.

Ideias ou opiniões

Além de poderem mostrar a vossa concordância ou discordância com os outros participantes na discussão, clicando na seta para cima ou para baixo junto ao respectivo comentário.

Também podem propor uma «Nova ideia ou opinião». Ela deve ter um título e uma descrição, bem como uma breve explicação do ponto a favor do vosso contributo, a vossa localização (que pode ser a freguesia de onde estão a escrever) e, se quiserem, uma imagem, vídeo ou ficheiro audio de suporte.


Pontos a favor e pontos contra

No fundo, o que estamos a tentar promover é a deliberação cívica em torno de questões que dizem respeito a todos, de uma forma ou de outra. Pretende-se que esta rede social sobre Coimbra seja livre mas também responsável e consequente, focada naquilo que é o seu objectivo, sem o ruído da publicidade e das conversas pessoais.

Regras do jogo

Na página inicial desta Praça Pública de Coimbra encontram o grupo Como utilizar esta plataforma, com todas as informações e regras de funcionamento. As ideias das pessoas que participam na plataforma da Coimbra Coolectiva são geridas pela comunidade de participantes que as pode comentar, descrevendo pontos a favor ou pontos contra, mas a Coimbra Coolectiva reserva o direito de intervir a qualquer momento, eliminando conteúdo impróprio, sancionando ou expulsando utilizadores, e encerrando as caixas de comentários de determinadas ideias.


Contamos convosco para arregaçar as mangas e partir pedra sobre o que importa, reunindo ideias e opiniões, limando arestas, sempre de uma forma construtiva e mantendo acesa a esperança de termos uma cidade cada vez melhor e mais sustentável para todos.

Mais Histórias

Nesta Oficina, reparam-se afectos e afina-se a comunidade

O espaço da Oficina, situado na Baixinha de Coimbra, pretende ser uma plataforma para pessoas e projectos. Mais do que um espaço comercial, é uma associação que quer inspirar um modo de vida social e comunitário, assim como o uso quotidiano da bicicleta.

quote-icon
Ler mais small-arrow

A Adelino Veiga foi Rua Zero dos encontros e das soluções para Coimbra

Centenas de miúdos e graúdos participaram no evento paralelo ao Festival do Novo Bauhaus Europeu e provaram que há vontade de mudança na Baixa de Coimbra, com espírito colaborativo, inclusivo e sustentável.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Desde as favelas do Rio de Janeiro até à Coimbra natal, Ana Cardoso trouxe empatia, inclusão e Yoga na Maré

E se o yoga fosse usado como ferramenta de transformação da percepção da vida e promoção de uma cultura de paz e bem-estar físico e mental da nossa comunidade? Tivemos uma amostra no «aulão» experimental que a fundadora do projecto no Brasil deu no Parque Verde do Mondego.

quote-icon
Ler mais small-arrow