Contribuir small-arrow
Voltar à home
Explorem

Tudo o que acontece em Coimbra

Adicionem um evento

Agenda colaborativa

Coisas para fazer em Coimbra

Num fim-de-semana cheio de sol e calor, há novidades a chegar à cidade bem refrescantes. Vai haver música na rua, nas salas, desporto ao ar livre e há até uma rua dedicada ao futuro que queremos para Coimbra.

Partilha

Fotografia: Markus Spiske (capa)

Explorem

Tudo o que acontece em Coimbra

Adicionem um evento

Agenda colaborativa

Se ficarem em Coimbra neste fim-de-semana prolongado, colado ao Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, podem ir à Rua Adelino Veiga e participar na ocupação do espaço pela iniciativa Rua Zero – (Re)Imaginando Coimbra, integrada no Festival do Novo Bauhaus Europeu que, entre os dias 9 e 12 de Junho, acontece em Bruxelas e outras 200 cidades europeias. Podem ir lá entre as 10h e as 19h, mas também têm muita coisa para fazer no resto da cidade, até desporto no Multisport Weekend Coimbra, junto ao Mondego. Está tudo na Agenda, mas ficam alguns destaques.

«Harmonia»

Sexta-feira, 10 de Junho até 17 de Julho, das 10h às 18h na Galeria Almedina (Edifício Chiado, Coimbra)

Exposição composta por 22 óleos executados pelo autodidacta Fernando Boavida. As obras exploram a constante busca da harmonia e do equilíbrio, bem como a integração e influência do ser humano nos seus diversos habitats, articulando sempre três factores que considera essenciais: simplicidade; luz/cor e composição artística.

«Do quotidiano»

De Quinta-feira, dia 09 até 30 de Junho, no Liquidâmbar

A um olhar atento, capaz de se deter perante as coisas e nelas reparar, Domingos Fernandes junta, nas suas fotografias, uma vasta cultura e uma experiência de vida muito rica. Em sentido inverso, delas colhe inspiração para as suas leituras, para as suas aulas, para a sua investigação, para os seus textos académicos…» José Morais sobre o trabalho de Domingos Fernandes, que se apresenta em exposição. 

«Multisport weekend Coimbra»

De Sexta-feira a Domingo, 10 a 12 de Junho, às 21:30h, nas Margens do Rio Mondego

Este evento vai receber milhares de atletas de várias nacionalidades, que vão participar nas diversas provas que a iniciativa reúne. Há uma travessia nocturna em águas abertas no rio Mondego; dia 11, às 10h00, vai realizar-se a Copa da Europa de Triatlo; pelas 14h realiza-se o Open de Sprint e SuperSprint, prova aberta para todos os que desejarem experimentar as sensações do triatlo num traçado homologado do Europeu. No Domingo há provas de Distância Longa (Halfe Full); Aquabike; Duatlo; BeachPolo; Jogos Universitários; Laser Run; NeonNightSwim; e SUP Tsunami.

«Mundo Jurássico: Domínio» 

De Quinta-feira (9 de Junho) a Quarta-feira (15 de Junho), às 15h, na Casa do Cinema de Coimbra

Os Dinossauros agora vivem – e caçam – lado a lado com os humanos e por todo o mundo. Este equilíbrio frágil irá redefinir o futuro e determinar, de uma vez por todas, se os humanos se manterão no vértice dos predadores, num planeta que agora partilham com as criaturas mais perigosas da História…Esta é apenas a informação sobre algumas das sessões da Casa do Cinema, cuja programação podem consultar aqui.

Trio Dialecticae com João de Deus

Sexta-feira, 10 de junho, às 21h, no Conservatório de Música de Coimbra

A II edição do Ciclo de Música de Câmara Caminhos Conjuntos apresenta Trio Dialecticae com João de Deus: um repertório do nacionalismo e impressionismo musical num convite à sua ligação com a herança de João de Deus.

«Laboratório coreográfico: Farmácia de Fanon»

Até 15 de Junho, às 17:45h, no Convento São Francisco e Estufa Tropical do Jardim Botânico

Evento multidisciplinar que visa celebrar os 250 anos da Reforma Pombalina na Universidade de Coimbra, inicia a sua programação com um laboratório coreográfico por Vânia Gala, e que terá uma performance executada pelos/as participantes a acontecer nos dias 14 e 15 de Junho. Programação e informação detalhada aqui.

Maria Reis

Sexta-feira, 10 de Junho,às 22h, no Salão Brazil 

Maria Reis apresenta «Benefício da Dúvida». Ao longo de sete músicas, a cantora conduz o ouvinte «pelo estreito e inebriante caminho que o amor desenha sobre o abismo, equilibrando-se entre o risco das certezas vazias de imaginação e o risco da queda».

«Memorial do Convento»

Sexta-feira, 10 de Junho, às 21:30h, no Convento São Francisco

Bailado em III atos a partir da obra homónima de José Saramago e inserido nas comemorações do 10 de Junho e do Centenário de José Saramago. Por Cia Dança em Diálogos.

«Memorial do Convento- Leitura Coreografada»

Sexta-feira, 10 de Junho,das 11h às 13h, no Convento São Francisco

Partindo da obra literária «Memorial do Convento», de José Saramago, esta actividade para crianças dos 8 aos 12 anos surge como parte integrada do programa educativo associada à criação do bailado «Memorial do Convento». Esta leitura coreografada une o universo literário às possibilidades da dança enquanto expressão narrativa que parte do corpo e do movimento. Lotação limitada: 20 crianças.

  «Música no Museu»

Sábado, 11 de Junho,às 16h30, na Capela da Santa Casa da Misericórdia de Coimbra

Estarão presentes 22 alunos do Conservatório de Música de Coimbra, das classes de Órgão, de Rosa Resende, e de Flauta Transversal, da professora Meglena Kirova, com a colaboração de estudantes das classes dos docentes Isabel Melo e Silva, Rodrigo Carvalho e Susana Milena, e ainda da professora Raquel Resende.

«Bonecos do Mercado»

Sábado, 11 de Junho, às 11h, no Mercado D. Pedro V

Um espectáculo multidisciplinar inspirado nos tradicionais teatros de marionetas itinerantes que percorriam mercados, feiras e certames, e em todo o universo de personagens e objectos que os habitavam. Em torno de uma estrutura ambulante, que Ihes serve de espaço cénico, três intérpretes percorrem o espaço do mercado num constante jogo com o publico, entre as personagens de vendedores ou compradores, partilhando a sua visão da historia da humanidade em vários atos.

«Flores para o S. João»

Sábado, 11 de Junho, às 17h, no Clube Ténis de Coimbra

As fogueiras de São João vão voltar à Arregaça no dia 23 de Junho e, para preparar o arraial, o Teatrão criou uma oficina para aprender a fazer flores decorativas.

«Rua Zero: (Re)Imaginando Coimbra» 

Sábado, 11 de Junho, das 10h às 19h, Rua Adelino Veiga (Coimbra)

No dia 11 de Junho, a Adelino Veiga é a Rua Zero. Com as cores da cidade vão-se tecer uma malha de possibilidades no coração da Baixinha e vestir as paredes com as boas energias e os desejos da comunidade, cheia de possibilidades bonitas, inclusivas e sustentáveis. Leiam o artigo completo aqui.

«Aurora»

Sábado, 11 de Junho, às 11h, Teatro da Cerca de São Bernardo

Nas entranhas da Montanha vive Aurora, elemento cuidador da natureza. Aurora nasce, e todos os dias se enche a montanha de luz e cor. Todos os dias Aurora cuida das plantas, das árvores e dos animais. Mas um dia tudo muda, a sua Floresta é devastada por um grande incêndio, que a obriga a fugir para outro espaço. Aurora encontra assim a Cidade, que lhe parece maravilhosa, cheia de luz. Mas na cidade nem tudo é luz, há sombra, e Aurora perde-se num caminho que pode ser sem volta. Por Teatro e Marionetas de Mandrágora.

Quarteto Quirón com Manuel Alegre

Sábado, 11 de Junho, às 21h, no Colégio da Trindade

A II edição do Ciclo de Música de Câmara Caminhos Conjuntos apresenta Quarteto Quirón com Manuel Alegre: um repertório aclamado para a sua formação, num convite à sua ligação com a herança de Manuel Alegre.

Alice Caymmi

Sábado, 11 de Junho, às 22h, no Salão Brazil

A cantora e compositora é neta de Dorival Caymmi, filha de Danilo e Simone Caymmi e sobrinha de Nana Caymmi. «Imaculada» é o título do quinto e mais recente álbum de Alice Caymmi, gravado com produção musical orquestrada pela própria Alice Caymmi com Vivian Kuczynski, trabalho que vem apresentar a Coimbra.

Leituras Sonoras para Adultos

Sábado, 11 de Junho, às 19h, no Bruaá – Livraria do Convento São Francisco 

Miguel Gouveia lê «Águas-Fortes Portenhas», de Roberto Artl e, quem quiser, pode saborear um copo de vinho tinto, obséquio do Café Concerto Coimbra. Limitado a 15 ouvintes. Inscrições aqui

«Mulheres da Beira»

Sábado, 11 de Junho, às 21h30, na Casa do Cinema de Coimbra 

«Arouca. O trágico devaneio de Aninhas, uma jovem e bela camponesa que, por por sonhos de riqueza e um fascínio amoroso, repele o afecto arrebatado de André, um rústico contemplativo. A volúvel Aninhas deixa-se enredar na funesta teia de sedução do Fidalgo da Mó que, uma vez entediado e com nova amante, acaba por desprezá-la…». Cine-Concerto musicado por Luís Pedro Madeira, Jorri e Sérgio Costa. Realização de Rino Lupo.


Feira do artesanato urbano

Sábado, 11 de Junho, das 09h às 19h, na Praça do Comércio 

Cerca de duas dezenas de expositores apresentam produtos artesanais de cariz contemporâneo, que conjugam diferentes técnicas e originalidade na sua concepção.
«Breakout Game»

Sábado, 11 de Junho, às 15h30, no Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra

«Breakout Game» é o novo desafio do Exploratório para famílias ou grupos de amigos, que, no segundo Sábado de cada mês, podem pôr à prova as suas capacidades para decifrarem os mais extraordinários enigmas, avançando de pista em pista até à surpresa fina. Uma actividade para M/10.

Janeiro e Paulo Novaes

Domingo, 12 de Junho, às 19h, na Casa das Artes Bissaya Barreto

Concerto da dupla Janeiro, músico, compositor e multi-instrumentista português nascido em Coimbra, e o brasileiro Paulo Novaes.

Repercussion Trio com Manuel da Silva Gaio

Domingo, 12 de Junho, às 21h30, no Salão Brazil

A II edição do Ciclo de Música de Câmara Caminhos Conjuntos apresenta Repercussion Trio com Manuel da Silva Gaio: um repertório contemporâneo e alusivo num convite à sua ligação com a herança de Manuel da Silva Gaio

«Atlantis Quintet com Antero de Quental»

Domingo, 12 de Junho, às 15h, na Igreja de Santa Cruz

A II edição do Ciclo de Música de Câmara Caminhos Conjuntos apresenta Atlantis Quintet com Antero de Quental: um repertório erudito num convite à sua ligação com a herança de Antero de Quental.


«Balada das vinte meninas friorentas»

Domingo, 12 de Junho, às 16h, no Convento São Francisco

Este espectáculo é um poema feito em canção em redor do universo das andorinhas. Acompanhada pela delicadeza do piano, pelo som de objectos inesperados e pela força das percussões. Inventada por Margarida Mestre e Rui Ferreira a partir do poema com o mesmo nome de Matilde Rosa Araújo e da partitura para o mesmo poema de Fernando Lopes Graça.

«Concertos para bebés»

Domingo, 12 de Junho, às 10h, no Convento São Francisco

Há instrumentos musicais que os bebés consideram mais atraentes. Desde logo os que se movimentam e com os quais podem brincar. Outros porque têm sons muito diferentes do que ouvem no seu quotidiano. Existem ainda aqueles músicos que trazem um estojo de adereços com que enfeitam o seu instrumento, fazendo as delícias de quem gosta de explorar pequenos objectos. Um concerto para bebés até 36 meses, com Andreia Marques no trompete. A sessão repete às 11h30.

Mais Histórias

Coisas para Fazer em Coimbra

O Outono chega bem carregado de programação cultural para todos os gostos, do desporto ao património, passando pela música, dança, teatro, cinema e magia.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Coisas para Fazer em Coimbra

Não deixem a chuva colar-vos ao sofá porque é fim-de-semana de Prémio Estação Imagem, Linha de Fuga, Festival Apura, Coimbra City Race e muito mais.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Coisas para fazer em Coimbra

Podem começar a despedir-se do Verão com um copo de cerveja artesanal no Brew! Coimbra, a celebrar 60 anos de cantigas com Paulo de Carvalho e muito mais.

quote-icon
Ler mais small-arrow
Contribuir small-arrow