Voltar à home
Sugiram

Acções a abordar

Consultem

Programa eleitoral

Temos uma Torre de Controlo sobre quem nos governa

Verde, amarelo ou vermelho? Damos conta do estado de cada uma das 112 acções propostas pelo actual executivo municipal.

Partilha

Fotografia: Tiago Cerveira (capa)

Sugiram

Acções a abordar

Consultem

Programa eleitoral

Desde Outubro passado, que é constante ouvirmos, dos corredores do escritório à mesa do café ou do restaurante: O que é que achas do novo executivo? O que é que achas que vai acontecer? Vai ficar tudo na mesma ou agora é que vai ser? Vai haver mudança? Onde? Em quê?

Na cerimónia de instalação dos novos órgãos autárquicos do município para os próximos quatro anos, ao tomar posse como novo presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), José Manuel Silva referiu algumas das acções prioritárias do seu executivo como trabalhar em conjunto com as principais instituições do concelho, tornar a autarquia eficiente e mais digital, desburocratizar e abrir portas ao investimento na cidade. Prometeu «governar de forma transparente, inclusiva, participada, descentralizada e democrática».

No programa eleitoral, a coligação Juntos Somos Coimbra, constituída por oito forças políticas, propôs-se a desenvolver o concelho de Coimbra e projectá-lo para um «futuro de qualidade, humanismo, progresso, tecnologia, criatividade, cultura, solidariedade e prosperidade sustentável, uma cidade amiga e respeitadora das pessoas, do ambiente e dos animais». E até disse como: através de 112 acções.

Como o escrutínio dos poderes é uma das mais importantes funções do jornalismo e a liberdade de imprensa um valor essencial numa democracia, construímos uma Torre de Controlo para acompanhar o trabalho autárquico. Explicamos e aprofundamos as condições em que se processam decisões e medidas que dizem respeito a todos. Acreditamos que este trabalho é instrumental ao exercício de dois outros valores, que são o direito de informar e de ser informado, além de servirem de combustível para aquilo que é a nossa missão: aumentar a participação da comunidade nos assuntos relacionados com o local onde vivem e contribuir para a sustentabilidade ambiental, social e económica de Coimbra.

Com o devido distanciamento, apoiamos o desenvolvimento de Coimbra não sendo meros porta-vozes do município mas escrutinando, de forma independente, os processos desenvolvidos nos 8 pontos da estratégia que a coligação Juntos Somos Coimbra anunciou para o município:

1. Emprego, desenvolvimento económico e empreendedorismo (13 Acções)

2. Urbanismo e Transportes (14 Acções)

3. Descentralização e Freguesias (12 Acções)

4. Cultura e Artes (12 Acções)

5. Turismo, Património, Mondego (14 Acções)

6. Ambiente e Sustentabilidade (13 Acções)

7. Juventude Educação e Desporto (12 Acções)

8. Saúde, Bem-estar e Envelhecimento Participativo (13 Acções)

9. Ação Social, Habitação Social, Proteção de Mulheres, Crianças e Jovens, Inclusão (10 Acções)

Os artigos da Torre de Controlo são identificados com um dos símbolos em cima, que revelam o estado em que se encontra a respectiva acção: verde significa que está a ser posta em prática, amarelo significa que houve algum avanço mas ainda não há novidades ou decisões de facto, e vermelho que a acção ainda não saiu do campo das intenções.

A liberdade de expressão não é um privilégio apenas dos jornalistas mas de todos os cidadãos, por isso contamos com a vossa participação através de sugestões, comentários, críticas e ideias que podem enviar para geral@coolectiva.pt.

Mais Histórias

Paúl de Arzila: de Reserva Natural a um novo modelo de gestão ambiental?

Coimbra está a criar uma Rede de Micro-Reservas Naturais para a Conservação da Natureza e Biodiversidade. A iniciativa pretende elaborar um plano integrado de gestão e preservação dos diferentes espaços naturais do concelho.

quote-icon
Ler mais small-arrow