Contribuir small-arrow
Voltar à home
Explorem

Tudo o que acontece em Coimbra

Adicionem um evento

Agenda colaborativa

Coisas para Fazer em Coimbra

Não deixem a chuva colar-vos ao sofá porque é fim-de-semana de Prémio Estação Imagem, Linha de Fuga, Festival Apura, Coimbra City Race e muito mais.

Partilha

Explorem

Tudo o que acontece em Coimbra

Adicionem um evento

Agenda colaborativa

A cidade está a transbordar de propostas culturais e até ao ar livre como a Coimbra City Race. Continuam os festivais Apura e Linha de Fuga e arrancou o Prémio estação Imagem. Fazemos alguns destaques mas já sabe que encontram tudo na Agenda.

Prémio Estação Imagem 2022

Até 6 de Novembro, em vários locais

Seis exposições (quatro de fotógrafos ucranianos) com a resistência do povo da Ucrânia face à invasão das tropas russas como mote em vários espaços da cidade. Co-organizado pela Câmara Municipal de Coimbra e pela associação Estação Imagem, no dia 17 de Setembro, às 11h, revela-se o vencedor, numa cerimónia a decorrer no Teatro da Cerca de São Bernardo, com a presença dos membros do júri. Há visitas comentadas e uma aula aberta de fotojornalismo de João Silva (14 a 16 de Set) às 11h na Sala Sá da Bandeira, na Casa Municipal da Cultura.

Mãos à obra – o fazer invisível da cidade

A partir de quinta-feira, 15 de Setembro, das 10h às 18h no Museu Municipal de Coimbra – Galeria Almedina

Exposição de fotografia de Christian Baes. Nas palavras do autor: «O meu objectivo em Mãos à Obra, é trazer um olhar de valor à importância desses profissionais que constroem nossos caminhos e muitas vezes sofrem com o preconceito social. Se não há glamour, sobra dignidade».

A arte como cuidado?

Quinta-feira, 15 de Setembro, às 18h na Rádio Baixa

A quarta «Conversa Inquieta» segue o mote: «A Arte como Cuidado» e terá moderação de Catarina Silva e Pedro Cosme (coletivo Mundus). Trata-se de um evento inserido na programação do festival Linha de Fuga – Éticas do Cuidado.

Meu filho

Quinta-feira, de 15 de Setembro a 21 de Setembro, várias sessões, Casa do Cinema de
Coimbra (Galerias Avenida)


Um filme de Christian Carion , conta a história de Edmond Murray (James McAvoy) trabalha
para uma grande companhia petrolífera e tem sido claramente um pai ausente. Um dia,
recebe uma mensagem da sua ex-mulher, Joan (Clare Foy): o seu filho de 8 anos, Ethan,
desapareceu num campo de férias.

Wagner Barbosa

Sexta-feira, dia 16 de Setembro, às 21h30, Liquidâmbar

Cantor, violonista, guitarrista/baixista, além de compositor e produtor, Wagner Barbosa pesquisa sobre voz e sobre ritmos afro-brasileiros, especialmente afro-baiano, e incorpora osom do baixo na guitarra de 7 cordas, remetendo-nos aos toques dos tambores ancestrais, com levadas cheias de energia, criativas e dançantes.

Matinée

Sexta-feira, 16 de setembro, das 18h às 21h na Casa das Artes Bissaya Barreto.

Esta semana com Inês Rodrigues & Convidados. A matinée repete-se todas as semanas, conta com diferentes Dj’s e os mais variados tipos de música. Pode acompanhar a transmissão em www.radiobaixa.com e pelo Mixcloud Live da CABB. A entrada tem um custo de 2€.  

Marimbondo

Sábado, 17 de Setembro, às 11h no pátio do Centro de Artes Visuais

Aquilo que Augusto e Papoila, os 2 palhaços, mais queriam era uma tenda de circo. Até que um dia Augusto aparece com uma curiosa alternativa: todo o circo dentro de uma mala. Que surpresa para Papoila quando ele lhe mostra a sua forma muito peculiar de fonâmbulismo, malabarismo, um concurso de balões, magia e números cómicos musicais. Uma ternurenta e divertida história de 2 palhaços à procura do objecto mais importante da sua vida. O nariz.

Filminhos à solta pelo país

Sábado, 17 de Setembro, das 15h às 17 na Casa do Cinema de Coimbra (Galerias Avenida)

Matiné infantil feita de várias curtas de animação.

Caminhada Exploratória – Conchada com o Colectivo Zás

Domingo, 18 de Setembro, às 15h, Ponto de Encontro: Largo da Conchada

Com esta caminhada, pretende-se reinterpretar o ambiente desenhado e construído, mas também a multiplicidade de práticas espaciais, memórias, interditos, significados escondidos que fazem uma cidade. Os participantes são convidados a dar atenção ao que vêem, ouvem, cheiram e sentem; e a documentar a sua experiência. Evento integrado na programação do Festival Apura.

Apeadeiro

Sábado, dia 17 de Setembro, às 21h30, no Loucomotiva – Grupo de Teatro de Taveiro

Uma noite de gargalhadas comandada por Afonso Paiva, que apresentará um convidado
surpresa. Uma mostra de open-mic para todos os aspirantes aos palcos do stand-up nacional.

Kágapura

De Sábado, 17, até 20 de Setembro, na República dos Kágados

Três dias de convívio comunitário, música e teatro experimental, na República dos Kágados, no âmbito da programação de “aquecimento” do Festival Apura.

El esfuerzo constante de ganarse la vida

Sexta-feira, 16 de Setembro, 21h30, Teatrão – Oficina Municipal do Teatro

Performance de Vicente Arlandis que fala-nos sobre disciplina, o trabalho do bailarino e do sequestro do nosso tempo ao contar como é a sensação de repetir a mesma ação oito horas por dia numa fábrica ou como fica o corpo quando dançamos o mesmo espetáculo por cinco anos.

Oficina de Soluções da Coimbra Coolectiva

Sábado, 17 de Setembro, às 11h

Arranca dia 16 a Semana Europeia da Mobilidade e a Coimbra Coolectiva desafia jovens dos 15 aos 21 anos a dar um passeio, observar as «pedras no caminho» da cidade em termos de mobilidade, tomar notas e entregarem as conclusões e eventuais respostas directamente às autoridades locais.

Biodiversidade e clima

Sábado, 17 de Setembro, às 11h no Seminário Maior de Coimbra (junto ao baloiço)

A Recortar Palavras inicia um ciclo de palestras sobre temáticas e questões da biodiversidade, ecologia e sustentabilidade, com Helena Freitas, que irá falar sobre a valorização dos territórios rurais e o impacto nos incêndios florestais. O objectivo do ciclo é aproximar o conhecimento científico da população, em locais acolhedores, favorecidos pela natureza.

Ó – um dispositivo de dança

Sábado, 17 de Setembro, 18h30, Convento São Francisco

Seguindo a sua pesquisa sobre minimalismo na dança e a sensorialidade do movimento, Cristian Duarte manifesta nesta criação a vontade de estabelecer uma dramaturgia tátil através da modulação incessante da percepção e do afeto. O mito de Orfeu é o ponto de partida do espetáculo, que que convida o público para integrar, junto dos bailarinos, um campo de empatia.

Pintar o 7

Sábado, 17 de Setembro, às 18h no Liquidâmbar

Apresentação do livro de poesia da autoria de Lia Cachim, pela própria, com comentário da estudante e amante de literatura Rita Figueiredo. Depois, haverá um momento musical com Ana Maria acompanhada dos músicos João Bargão e Ricardo Brito, que para além do repertório habitual vão também apresentar a sua interpretação de alguns poemas do livro.

Novo Cinema Paraíso

Cinema Paraíso

Sábado, 17 de Setembro, às 21h30 na Sé Nova de Coimbra

Roma, 1980. O cineasta Salvatore Di Vitta recebe um telefonema da mãe que lhe comunica a morte do seu velho amigo Alfredo. Salvatore – ou Totó – é invadido por recordações, revisitando a sua infância, na sua Sicília natal, quando vivia fascinado pela cabina mágica de Alfredo, o mal-humorado projeccionista do cinema da vila: o Cinema Paraíso. Um filme de Giuseppe Tornatore.

Instrumentos de Coimbra – 1.ª Jornadas das Cordas Tradicionais Populares de Coimbra

Domingo, 18 de Setembro, às 15h30 na Jardim Botânico da UC (junto à Estufa Tropical)

Faz parte da programação deste evento, uma exposição, demonstração de construção dos instrumentos e vários concertos (Toeira Trupe, Guitarrinhos do Mondego e João Vila com José Rebola).

Il cavalier bertone

Domingo, 18 de Setembro, às 16h no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha 

Ópera cómica em três partes com música do compositor napolitano Gioacchino Cocchi. Conta a história de Perichitta, uma astuta donzela, que elabora um plano rocambolesco para seduzir e burlar Bertone, um cavalheiro fanfarrão. Interpretação a cargo de Ritornello.AC. com uma sessão prévia explicativa.

It Takes Two (Pianos) To Tango

Domingo, 18 de Setembro, às 18h no Convento São Francisco

Bernardo Santos e Martim Almeida, dois pianistas naturais de Coimbra, juntam-se num concerto a 2 pianos, apresentando um programa eclético. Vão revisitar obras como Le Grand Tango e Milonga del Angel de Astor Piazzolla, Danças Andaluzas de Manuel Infante, Danças Polovtsianas de Aleksandr Borodin e a famosa La Valse de Maurice Ravel.

Coimbra City Race

Domingo, dia 18 de Setembro, 10h, junto ao Pavilhão Municipal Multidesportos Mário Mexia

Passeio que levará seus participantes a visitarem as principais artérias históricas da cidade. É aberto a todas as pessoas, de todas as idades. Pode-se participar em grupo ou individualmente e haverá acompanhamento e ensino com monitores. Inscrições aqui.

Michele Mara

Segunda-feira, 20 de Setembro, às 19h30 no Café do Convento São Francisco

A cantora brasileira, formada em música popular brasileira e licenciada em musicoterapia, apresenta-se no âmbito do ciclo «Café Curto», uma programação com curadoria da Blue House e apoio da Câmara Municipal de Coimbra.

Visita da memória

Terça-feira, 21 de Setembro, às 11h no MNMC – Museu Nacional de Machado de Castro

Visita orientada por cuidadores de pessoas com demência, que integram o EU no musEU, programa de inclusão que o MNMC desenvolve, desde 2011, em parceria com a Alzheimer Portugal. A memória das obras de arte e das emoções que provocaram em cada um dos participantes do EU no musEU resultam numa visita sob um diferente olhar, no único momento deste programa aberto à participação do público, assinalando o Dia Mundial da Doença de Alzheimer.

Mais Histórias

Coisas para Fazer em Coimbra

O Outono chega bem carregado de programação cultural para todos os gostos, do desporto ao património, passando pela música, dança, teatro, cinema e magia.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Coisas para fazer em Coimbra

Podem começar a despedir-se do Verão com um copo de cerveja artesanal no Brew! Coimbra, a celebrar 60 anos de cantigas com Paulo de Carvalho e muito mais.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Há uma sala Fora de Portas  a aproximar o cinema de toda a comunidade

Com o calor veranil a convidar-nos a sair mais de casa, fomos ao encontro de quem está a levar e a assistir aos filmes no grande ecrã em ruas e outros espaços ao ar livre de todo o concelho.

quote-icon
Ler mais small-arrow
Contribuir small-arrow