Contribuir small-arrow
Voltar à home
Participem

Noite Europeia dos Investigadores

Peguem na curiosidade e saiam nesta Noite Europeia dos Investigadores

O nome engana porque nem é só uma noite, nem é só para quem sai de casa depois de o sol se pôr. A NEI está de volta a Coimbra para aproximar pesquisadores e comunidade, através de dezenas e dezenas de propostas para todos os gostos.

Partilha

Fotografia: Tumiso via Pixabay

Participem

Noite Europeia dos Investigadores

Quem quiser, esta sexta-feira pode ajudar cientistas a recolher dados úteis para a ciência e conservação da natureza dos ecossistemas do Parque Dr. Manuel Braga e Parque Verde no Bioblitz, às 17h30 e 18h30. Também pode participar numa Science Battle, que é uma verdadeira disputa entre leigos e investigadores, em que a arma mais poderosa é a criatividade. O campo de batalha será a plataforma Zoom, com investigadores da Universidade de Coimbra e de outras duas instituições europeias a serem desafiados a responder, de forma bastante criativa, às questões colocadas pelo público.

Antes, podem assistir a três investigadores doutorandos a apresentarem ciência num bar. Em 10 minutos, falam sobre os trabalhos em três áreas e campos de estudos completamente diferentes e a seguir o público tem 20 minutos para fazer perguntas e receber respostas. A primeira sessão da temporada desta iniciativa, que tem por objetivo aproximar a ciência da sociedade de um modo relaxado e amigável. É dia 29 de setembro, a partir das 22h, no Liquidâmbar. Todas são propostas que integram a programação da Noite Europeia dos Investigadores (NEI) 2022 em Coimbra, coordenada pelo Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra.

A NEI pode ser definida como uma forma de trazer a ciência para todos, como diz a coordenadora de Comunicação de Ciência, do Instituto de Investigação Interdisciplinar, da Universidade de Coimbra, Ana Santos Carvalho. Depois de atividades paralelas e um Dia Aberto Digital, o grande encontro acontece sexta-feira, 30 de Setembro, das 17h à meia-noite. Num percurso  entre o Largo da Portagem e a Rua da Sofia, vamos todos poder ver o trabalho de investigação realizado nas mais diversas áreas científicas em 62 iniciativas, que transformam a Baixa num laboratório gigante, em colaboração com os lojistas e a Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC).

O tema do NEI é «Ciência para Todos – Sustentabilidade e Inclusão e esta edição realiza-se também, simultaneamente, em Lisboa, Braga e Évora. A edição de Coimbra é coordenada pelo Instituto de Investigação Interdisciplinar e as actividades de Ciências Naturais e do Ambiente, Tecnologia, Ciências Sociais e Humanas, entre outras, são dirigidas a todos os públicos através de diferentes formatos como workshops, quizzes, conversas & controvérsias, vídeos, entre outros, como podem ver no programa completo está disponível online.

Os projetos de investigação do Departamento de Ciências da Vida serão apresentados ao público de forma interativa com os participantes, participando de jogos simulando iniciativas de Ciência Cidadã que podiam ser implementadas para expandir os dados recolhidos nesses estudos. Também na área de meio-ambiente, haverá uma atividade que visa sensibilizar os cidadãos para os efeitos prejudiciais causados pelos pesticidas e fertilizantes usados na agricultura e, por conseguinte, para a necessidade de procurar alternativas mais sustentáveis.

Há ainda um Quizz Gender interativo, com o uso de telemóveis para submissão de respostas em tempo real. O objetivo é instigar a curiosidade e ampliar os conhecimentos do público sobre o multifacetado processo de integração dos Estudos sobre as Mulheres, de Género e Feministas (EMGF) no ensino superior português. O desporto também é contemplado nas atividades. Os participantes têm a oportunidade de realizar atividades físicas, desportivas e lúdicas adaptadas como, por exemplo, em cadeira de rodas e com os olhos vendados. O objetivo da atividade é sensibilizar para as potencialidades do desporto para todos e dos seus benefícios para toda a comunidade, em prol da qualidade de vida de pessoas com deficiência e com outras perturbações do neurodesenvolvimento.

A Noite Europeia de Investigadores é o resultado de um consórcio entre a Universidade de Lisboa, a Universidade Nova de Lisboa, a Universidade de Coimbra, através do Instituto de Investigação Interdisciplinar, a Universidade do Minho, e a Universidade de Évora.

*Artigo actualizado a 29 de Setembro, 2022

Mais Histórias

O caminho para uma bionergia que supera as renováveis pode estar nas nossas mãos

Baterias de algas, micro-farming, microrganismos todo-o-terreno – fizemos uma viagem ao futuro que começou numa palestra e acabou no Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra e o seu Laboratório de Bioelectrónica e Bioenergia, onde se exploram linhas de investigação como a que envolve a produção de energia limpa e sustentável a partir de algas.

quote-icon
Ler mais small-arrow

E se estudássemos mais a paz e não a guerra?

A proposta é de José Manuel Pureza, antigo deputado e professor de Relações Internacionais, que também defende a relevância de um jornalismo comprometido na desconstrução de raciocínios, estereótipos e representações da realidade que alimentam o conflito e o ódio.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Algoteca – descobrimos a colecção única e viva que mora em Coimbra

Alimentos ou medicamentos, pode nascer de tudo do 1.º andar do insuspeito Colégio de São Bento, aninhado junto aos Arcos do Jardim, em Coimbra. No vasto edifício seiscentista revela-se a maior colecção de microalgas de água doce do mundo, com cerca de 4 a 5 mil estirpes diferentes.

quote-icon
Ler mais small-arrow
Contribuir small-arrow