Contribuir small-arrow
Voltar à home

Gostam de encontros às cegas? Nestes discute-se política.

A Praça do Luxemburgo é um local icónico das instituições europeias e de Bruxelas. Ladeada de bares e restaurantes e localizada mesmo junto ao Parlamento Europeu, é palco de infinitas conversas informais sobre política. Diariamente e ao longo de todo o ano, centenas de pessoas juntam-se ali, normalmente no final de uma jornada de trabalho, […]

Partilha

A Praça do Luxemburgo é um local icónico das instituições europeias e de Bruxelas. Ladeada de bares e restaurantes e localizada mesmo junto ao Parlamento Europeu, é palco de infinitas conversas informais sobre política. Diariamente e ao longo de todo o ano, centenas de pessoas juntam-se ali, normalmente no final de uma jornada de trabalho, para beber um copo de vinho ou cerveja, e alimentar animadas discussões sobre todos os tópicos de relevância europeia que possam imaginar.

Nas últimas semanas, as movimentações em Bruxelas praticamente paralisaram e surgiu uma nova Praça do Luxemburgo. Trata-se de uma tertúlia digital gratuita e de iniciativa cívica sobre políticas europeias. A ideia é que, sem sair de casa, todos possamos juntar-nos para conversar sobre temas que nos dizem respeito e que nos interessam tais como economia europeia, direitos humanos, ecologia e políticas ambientais, educação, cultura e desporto, juventude, ideologias políticas, nacionalismos e populismos, entre muitos outros.

Como participar?

Qualquer pessoa que seja profissional da área dos assuntos e política europeia ou apenas interessada por estas temáticas pode juntar-se a uma destas tertúlias, independentemente de onde esteja – mas há restrições ao número de participantes em cada sessão.

#1 O modelo de participação é simples: para aceder às conversas informais basta preencher um pequeno formulário disponível na página de Facebook, com algumas informações pessoais, e ainda a seleção/sugestão de temas que gostaria de abordar.

#2 Posteriormente é feita uma selecção dos participantes, num máximo de 12 pessoas por sessão, que é comunicada via email até 24 horas antes com todas as normas e procedimentos a seguir. Num debate informal, sem hierarquias, uma das curiosidades interessantes é o não saber com quem se vai debater, tratando-se de um verdadeiro encontro às cegas.

#3 A temática de cada sessão é definida com base na análise noticiosa/mediática e com base nos interesses manifestados pelos inscritos aquando da elaboração do formulário.

[post-ad]

Como surgiu este projecto?

Num momento em que a famosa Praça do Luxemburgo se encontra vazia, 3 amigos, entusiastas do projecto europeu, decidiram ocupá-la. Com esta iniciativa, pretendem mudar a imagem burocrática que os portugueses tem de Bruxelas através da dinamização de debates e disseminação de informação sem papas na língua com aqueles que melhor conhecem os corredores das instituições.

A Praça entrou em funcionamento no passado dia 11 de Abril pela mão do conimbricense David Ferreira da Silva e dos dois portugueses Milton Nunes e David Gonçalves a viver em Bruxelas. Impossibilitados de se encontrarem para falarem em torno de temáticas europeias, sentiram a necessidade de criar um espaço onde essa realidade fosse possível, inspirados pelos cafés da Praça do Luxemburgo.

Sucesso da iniciativa

Neste momento a Praça conta já com mais de 80 inscritos, sendo que 20 destes já participaram nas 3 sessões passadas. Posteriormente é partilhado nas várias redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter) o registo dos principais contributos e propostas como Soundbytes.

Pela Praça já passaram Susana Frexes (correspondente da SIC e Expresso em Bruxelas), Ana Gomes (ex-eurodeputada) ou ainda Rui Tavares (que foi deputado independente ao Parlamento Europeu). Na plataforma YouTube poderá encontrar as intervenções iniciais de Ana Gomes na 2ª tertúlia O Elefante na Sala do Conselho e de Rui Tavares na última sessão intitulada Abril na Sombra – Europa/Liberdade/Democracia/COVID.

Em nota de imprensa, o grupo frisa que a praça é aberta ao espectro político de quem vem pela europa, numa lógica integracionista e de defesa dos princípios base da União, do Estado de Direito e dos Direitos Humanos.

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Praça do Luxemburgo e banco de imagens

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Praça do Luxemburgo e banco de imagens

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Praça do Luxemburgo e banco de imagens

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Praça do Luxemburgo e banco de imagens

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Praça do Luxemburgo e banco de imagens

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Praça do Luxemburgo e banco de imagens

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Praça do Luxemburgo e banco de imagens

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Praça do Luxemburgo e banco de imagens

Texto: Joana Pires Araújo
Fotos: Praça do Luxemburgo e banco de imagens

Mais Histórias

Os mais lidos do ano e uma piscadela de olho para 2022

Mesmo que meio às cambalhotas, com esta pandemia que parece não dar tréguas, chegamos ao fim de mais um ano de coração cheio e com a sensação de missão cumprida. Teimámos em manter as mangas arregaçadas e isso, juntamente com os encontros que foram acontecendo e as boas energias que nos foram chegando desse lado, […]

quote-icon
Ler mais small-arrow

Já viram os Concertos para Bebés programados para 2022?

Na recta final de um 2021 ainda bem desafiante, os Concerto para Bebés renovam as energias com um calendário cheio de coisas boas para descobrir em 2022. Além da programação regular no Convento São Francisco, em Coimbra, a companhia que faz espectáculos para crianças dos 0 aos 3 anos apresenta 11 programas distintos nas salas nacionais. A residência […]

quote-icon
Ler mais small-arrow

ACADEMIA STORIES | Estudo permite descontaminar máscaras de forma simples e barata

Uma equipa multidisciplinar da Universidade de Coimbra (UC) estudou e testou três formas simples e baratas de descontaminação de vários tipos de máscaras de proteção contra a Covid-19, que revelaram uma eficácia de praticamente 100%, permitindo vários ciclos de reutilização. O estudo, coordenado por Marco Reis, docente e investigador do Departamento de Engenharia Química da […]

quote-icon
Ler mais small-arrow
Contribuir small-arrow