Joana Pires Araújo

Directora

joanapiresaraujo@coolectiva.pt

No primeiro capítulo da minha vida, licenciei-me em Direito e, aos 21 anos, queria mudar o mundo. Estagiei na Secretaria de Estado do Ambiente, estudei no Colégio da Europa e desenvolvi o meu percurso profissional na área do direito europeu e da concorrência. Trabalhei na Comissão Europeia, na Vieira de Almeida & Associados e no Parlamento Europeu. Regressei a Coimbra, deixei que a vida familiar imprimisse ritmo a muitas decisões e uma delas foi enveredar por outro caminho profissional. Lancei o desafio a uma amiga de infância, a Filipa Queiroz, de criarmos uma revista. Fundada em 2018, a Coolectiva deu voz a eventos, negócios e locais, aproximou a nossa comunidade de leitores e trouxe a muitos um olhar optimista para o futuro de Coimbra. A Coimbra Coolectiva é a sua declinação natural e, para mim, o privilégio de trabalhar com um propósito forte, de mobilizar e envolver as pessoas na construção de uma sociedade mais justa, mais inclusiva, mais amiga do ambiente, mais implicada nas decisões que importam a todos. Aos 38 anos, continuo a querer mudar o mundo e arregaço as mangas aqui, em Coimbra, na Coimbra Coolectiva.

Está a ser feito um questionário à população sobre a igualdade e não discriminação

É preferível ter um homem como chefe do que uma mulher? As empresas beneficiam em ter mais homens do que mulheres a trabalhar porque eles faltam menos? A maioria dos gays e lésbicas já não são discriminados? As operações de mudança de sexo são moralmente reprováveis? Está a ser elaborado um Plano Municipal para a Igualdade e não Discriminação, no âmbito do projeto “Região de Coimbra, com Igualdade” e uma das etapas passa pela auscultação da comunidade sobre estes temas.

quote-icon
Ler mais small-arrow

O Porto ouviu mais de 100 entidades na sua Estratégia de Desenvolvimento Económico

Falámos com Ricardo Valente, vereador com o pelouro da Economia, Emprego e Empreendedorismo da Câmara Municipal do Porto, sobre a forma como foi construída a estratégia Pulsar Porto, considerada uma visão de cidade e não uma visão da Câmara.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Do Startup Capital Summit saíram ideias para captar empresas e reter talento nos municípios

A construção de hubs locais de inovação foi um dos temas do Startup Capital Summit, um evento nacional que decorreu em Coimbra e reuniu startups, empreendedores, decisores políticos, investidores, investigadores e estudantes.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Concordam com o encerramento da Estação de Coimbra-A?

O Movimento Cívico pela Estação Nova está quase a conseguir reunir 2500 assinaturas numa petição lançada contra o encerramento da Estação central de Coimbra que serve 1,3 milhões de passageiros por ano, recebe 4 linhas suburbanas e presta cerca de 100 serviços diários.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Cidadãos cool: António Mexia Santos e Sofia Morais

Moradores da urbanização Quinta da Portela organizam sessões voluntárias de recolha de lixo. Para lá do cuidado com o planeta, as iniciativas são uma boa lição de cidadania activa e construção de uma comunidade atenta e próxima.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Cidadãos Cool: João Inocêncio

Cerca de 70 voluntários investem o seu tempo a dar conforto e amparo a doentes oncológicos e aos seus acompanhantes no Instituto Português de Oncologia de Coimbra. Fazem falta mais braços, mais mãos e mais apoio aos utentes.

quote-icon
Ler mais small-arrow
Voltar