Contribuir small-arrow
Voltar à home
Explorem

Tudo o que acontece em Coimbra

Adicionem um evento

Agenda colaborativa

Coisas para Fazer em Coimbra

Podem aquecer o feriado ao som de uma conhecida voz cabo-verdiana ou uma corrida entre parques da cidade e depois aproveitar o embalo e dançar na Rádio Baixa, descobrir Agustina e comprar Arte de Bolso.

Partilha

Explorem

Tudo o que acontece em Coimbra

Adicionem um evento

Agenda colaborativa

Com chuva e frio só apetece aconchego, ou então meter o melhor casaco e começar a caça aos melhores presentes de Natal, aproveitando os mercados e feiras de artesanato urbano para comprar peças originais e feitas localmente. A Baixa da cidade e o seu comércio tradicional também estão à nossa espera, já decorada a preceito e com animação promovida pela Câmara Municipal de Coimbra/Mercado Municipal D. Pedro V, União de Freguesias de Coimbra e Associação Para a Promoção da Baixa de Coimbra.

Artisticamente também não falta o que descobrir e explorar. Até dia 8 de Dezembro, o Ciclo Orphika, por exemplo, tem muitas propostas. Hoje mesmo, 30 de Novembro, a Resistência Artística apresenta Música & Alterações Climáticas no Salão Brazil, que é um diálogo entre seis músicos da cidade – Pedro Sáfara, Melissa Costa, Miguel Cordeiro, João Bargão, Nuno Sá e Inês Brito. Mas há teatro, literatura, actividade para os miúdos – deixamos alguns destaques e encontram o resto na Agenda.

Tributo a Regondi – 200 Anos

Quinta-feira, 1 de Dezembro, às 16h30, Centro Cultural Penedo da Saudade (Coimbra)

Bruno Ribeiro faz um tributo ao violonista, concertinista e compositor suiço Giulio Regondi nos 200 anos do seu nascimento. O espectáculo faz parte do Projeto Música ao Centro. Devido à limitação de lugares sentados, recomenda-se reserva.

Mayra Andrade – ReEncanto (voz & violão)

Quinta-feira, 1 de Dezembro, às 21h30 no Convento São Francisco

Numa atmosfera intimista, a cantora cabo-verdiana acompanhada apenas pelo músico seu conterrâneo Djodje Almeida, convida-nos a redescobrir a origem e essência de algumas das suas canções, de que foi autora ao longo da sua discografia – desde Navega (2006), a Manga (2019).

Corrida entre Parques Coimbra

Quinta-feira, 1 de Dezembro, 10h30, Arcos do Jardim (Coimbra)

Uma maneira diferente de aproveitar o feriado: percorrer os parques mais emblemáticos da Cidade de Coimbra. Com partida e chegada nos Arcos do Jardim, o percurso, de 7km, passa pelo Jardim da Sereia, Penedo da Saudade, Jardim Botânico, Alta de Coimbra e para terminar não podia deixar de ser as tão famosas escadas monumentais com os seus 125 de graus. Na passagem pela Alta de Coimbra haverá música ao vivo, com as tunas da Universidade de Coimbra.

À Redescoberta de Agustina

Sábado, 3 de Dezembro, às 16h na Casa da Escrita

Leituras a duas vozes, uma performance de leitura com sessão de canto são as propostas do ciclo de conversas orientado pela ficcionista Isabel Rio Novo que celebra os 100 anos do nascimento da escritora Agustina Bessa-Luís até ao fim do ano. Na última sessão, Isabel Rio Novo revela dinâmica das relações de amizade da escritora e haverá leituras a duas vozes com as actrizes Paula Garcia e Sofia Lobo.

Baixa Natal 2022: Palco Rádio Baixa

Sábados 3, 10 e 17 de Dezembro, das 14h às 20h, no Largo da Freiria

Espaço da música alternativa e independente nesta programação que pretende chegar a outros segmentos de público e dar visibilidade aos DJ’s de Coimbra. Nos Sábados de 3, 10 e 17 de Dezembro, Heartcore, Assafrão, Octopussycrew (dia 3), João André Oliveira, Inês Rodrigues, Pêra Roxa (dia 10), Mariana Roque, Arnaldo Moura e David Rodrigues (dia 17) apresentam sonoridades de música experimental, ambient, clássica, electrónica, beats, breaks, dub, drum & bass, funk, hip hop, house, jazz, R&B, soul, techno ou world.

O ruído dos sonhos

Sábado, 3 de Dezembro, no CAPC – Círculo De Artes Plásticas de Coimbra

Os artistas Miguel Ângelo Rocha e Isabel Madureira Andrade encontram-se com o público para uma conversa livre na finissage da exposição, partilhada com o artista Russell Floersch. Ter a oportunidade de falar com estes artistas é aprofundar olhares e percepções, individuais e coletivos, de processos criativos, é ressignificar objetos e experimentações em arte contemporânea. 

A estranheza da verdade nas veredas do inconsciente

Sábado, 3 de Dezembro, das 9h às 18h30, Auditório do Instituto Português do Desporto e Juventude

O psicanalista, professor universitário e escritor Carlos Amaral Dias será homenageado no dia em que se assinalam os três anos de sua partida. Reunindo um conjunto de diferentes personalidades, o encontro contará com várias palestras focadas nos temas da Psicanálise, Ensino Superior e Universitário e da Saúde Mental. Para finalizar as homenagens, um momento musical inspirado num short essay de Carlos Amaral Dias Psicanálise e música: Musicalidade da psicanálise

Arte de Bolso 2022

Sábado, 3 de Dezembro, das 15h às 20h,  Galeria Sete

Quase 140 artistas participam na 11ª edição da mostra que é a maior de sempre. Mantém uma grande diversidade e liberdade de meios, formato e apresentação. A colectiva contém trabalhos representativos da obra de artistas consagrados e jovens que contribuem com a sua generosidade (preço máximo de venda 300€, havendo muitas obras com preço ainda mais acessível) para presentear o público e os colecionadores e suscitar assim a possibilidade de uma maior democratização da obra de arte.

Canções sem palavras e danças sem passos

Sábado, 3 de Dezembro, 21h30, Liquidâmbar

Concerto de guitarra Tiago da Neto que remete para uma forma de comunicação não verbal em que a guitarra expressa todas as emoções e sensações que o artista pretende transmitir.

A Flauta Mágica

Sábado, 3 a 10 de Dezembro, às 16h16 no Mosteiro de S. Jorge de Milreus

A Rainha da Noite convence o príncipe Tamino a resgatar a sua filha Pamina, raptada pelo «malvado« Sarastro. Para tal, Tamino contará com a ajuda de uma flauta mágica e do «linguarudo» Papageno. Tamino e Pamina encontram-se e encantam-se, mas Sarastro fá-los-á sujeitarem-se a ordálios, de forma a provarem que se merecem um ao outro. Teatralização da Ópera de Mozart e Schikaneder, pelo Grupo de Teatro do Fatias de Cá. Repete dia 10 de Dezembro.

Feira de Artesanato Urbano

Sábado, 3 de Dezembro, das 9h às 18h na Praça do Comércio

Cerca de duas dezenas de expositores apresentam produtos artesanais de cariz contemporâneo, utilitários ou decorativos, que conjugam diferentes técnicas e originalidade na sua concepção. Caso as condições atmosféricas não sejam favoráveis à iniciativa em espaço ao ar livre, a Feira será transferida para o 2º piso do Mercado Municipal D. Pedro V.

Osquestra da TAUC & Sofia Escobar

Domingo, 4 de Dezembro às 18h no Convento São Francisco

Na sua primeira passagem por Coimbra, a solista Sofia Escobar e o cantor João Cipriano Martins juntam-se à Orquestra da Tuna Académica da Universidade de Coimbra para apresentar um concerto que dá destaque ao Teatro Musical mostrando, também, um lado nunca antes visto de interpretação de canções coimbrãs.

Explorastórias: A Escavadora e a Flor

Domingo, 4 de Dezembro, 10h15, Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra

Explorar a ciência que se esconde nas páginas do livro, com a participação da Livraria Faz de Conto [na leitura da história]. As máquinas, que constroem estradas e casas, vão também destruindo tudo por onde passam na sua empreitada. Mas, numa pausa do trabalho, uma escavadora repara numa pequena e bela flor azul e resolve cuidar dela.

Macumbabit

Domingo, 4 de Dezembro, às 20h no Atelier A Fábrica

Na mitologia de raiz africana, a música, o canto e os corpos formam um elo de ligação ao divino. Através da fusão entre música electrónica contemporânea e experimentação sonora, este concerto recupera o repertório coral associado aos principais mitos da cultura de matriz africana e dos Òrìṣà (ou Orixás) na cultura afro-brasileira.

Mercado de Natal

Domingo, 4 de Dezembro, das 10h às 18h, no Seminário Maior de Coimbra

É a 2ª edição, inclui momentos musicais, artesanato, diversas opções de presentes de Natal para toda a família, doces, biscoitos e bolos, e um cheirinho a vinho quente para afastar o frio. Podem ainda inscrever-se numa visita guiada ao Seminário Maior de Coimbra, ou participar nas oficinas criativas de Natal para miúdos e graúdos (Enfeites de Natal em Macramé e Presépios e Enfeites de Natal com Espátulas de Madeira).

Mais Histórias

Festival Política: música cigana local ao palco e as mentiras de Van Der Ding 

É só o aquecimento do evento propriamente dito em Novembro, mas é uma estreia na cidade. Na sexta e Sábado, 10 e 11 de Fevereiro, a «festa da cidadania» chega a Coimbra. Os bilhetes são gratuitos e já podem ser levantados no Convento São Francisco.

quote-icon
Ler mais small-arrow

A rádio que levou mais pessoas ao Salão que já tinha o Brasil no nome

Dedicada exclusivamente à música lusófona, a Rádio Pessoas tem esgotado a bilheteira e aproximado a comunidade naquela que é uma das principais casas de espectáculos da cidade.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Coisas para Fazer em Coimbra

Preferem aquecer a dançar com um copo na mão ao fim da tarde ou um quiz sobre acção climática com stand up?

quote-icon
Ler mais small-arrow
Contribuir small-arrow