Contribuir small-arrow
Voltar à home
Atirem

Assuntos para a mesa

Sugiram

Mesas para falar sobre os assuntos

Conheçam

O Tatonas

Vejam mais

Lindos Serviços

Lindo Serviço | 7

Rubrica satírica e gastronómica quinzenal assinada por O Tatonas.

Partilha

Fotografia: Mário Canelas

Atirem

Assuntos para a mesa

Sugiram

Mesas para falar sobre os assuntos

Conheçam

O Tatonas

Vejam mais

Lindos Serviços

Olá, meus pantagruélicos coimbrinhas.

Subam estas escadas comigo. Um pouco como sucede com o elevador do Mercado D. Pedro V que somente precisou de quase seis meses para regressar à sua função. Usem as escadas, façam cárdio.

Subam estas escadas comigo. Primeiro as exteriores, de seguida as interiores, mais curvas. Chegados ao primeiro andar esquecemo-nos por vezes que, tendo sido um deserto em restauração, Coimbra era o Atacama no que respeita a oferta nipónica.

Havia um – havia e há – japonês. O Japonês.

Durante anos a fio o único estabelecimento com oferta de sushi na cidade. Foi-se aprimorando, evoluindo e sofisticando, oferecendo hoje bem mais que nigiris, osomaki e sashimi.

Prova disso é a entrada escolhida: Tacos nas Pedras.

Crocantes cilindros abertos nas extremidades, recheados de salmão e maionese japonesa. Um pequeno esgar adocicado empresta-lhe um sabor único e peculiar. As telhas partem-se a cada dentada, estilhaçam-se na boca e os sabores rebentam efusivamente. Casual alegoria desta urbe que finalmente fervilha. Que soltou amarras e estoirou culturalmente neste início de 2023 – Salão Brazil, Teatrão, TAGV, Convento São Francisco, Casa do Cinema, filmes, concertos, bandas, espetáculos. São Tacos nas Pedras a quebrar a pálida monotonia a que nos habituou a modorrenta cidade.

Do alto deste primeiro andar, que mais parece um segundo – a fazer lembrar um pouco os inenarráveis segundos pisos do Parque Verde que servem para tudo menos para aquilo que foram concebidos – servem-nos o mais surpreendente e improvável prato da noite. Pregado e Tinta de Choco. Senhores, se alimento fosse papel este seria convertido nas multas do estacionamento do Mercado Pedro V. A joia máxima do erário municipal.

Sashimi, de tão fininho se poderia dizer carpaccio, de pregado braseado, com – imagine-se! – molho de manteiga de amendoim e tinta de choco. A mais inesperada combinação, de textura tão suave, dialogando ambas de forma tão sublime, abraçando o desbotado peixe, matizando – o para nosso prazer num palatino Pollock.

E como não nos encontramos nos SMTUC, não paremos por aqui, apanhemos o metro rumo à
estação principal.
O sushi. Não nos demoremos muito, até porque correríamos o risco de perder mais um álbum de Victor Torpedo. O sushi, no Japonês, é servido na proporção correta, um M ajustado a qualquer corpinho e não esses que por ai pululam que nos obrigam a esboçar bocarras de quem anda  fazer indecências nas instalações sanitárias duma Jaime Cortesão desta vida. Sushi comme il faut. Da qualidade, quantidade, harmonia e frescura.

Mas como atrás aventei, já há muito que não só de sushi se faz esta Meca nipónica e por isso
avancemos para aquela que é, na minha desinteressada opinião, a mais intrigante sobremesa
que alguma vez conheci em solo português.

As Bolinhas de Chá Verde! Eu não sei se são ali feitas, se são importadas, se são congeladas, ultracongeladas, copiadas, originais, sucedâneas, pedantes ou desafetadas. O que eu não duvido é que esta celestial simbiose de matcha, com chocolate em calda, amendoim, sementes de sésamo e coco é o onírico apogeu de um comensal ganhando forma.

A ponta dos dentes fraturando as gelatinosas esferas que se franqueiam, permitindo que um morno recheio nos invada a boca, envolvendo o acre matcha, com a sinuosa e autoritária presença do chocolate, ambos amputados a breves trechos pela frescura do coco… Silêncio. O tempo pára por instantes. Suspenso.
 
Pantagruélicas saudações, meus coimbrinhas.

Mais Histórias

Lindo Serviço | 8

Por O Tatonas

quote-icon
Ler mais small-arrow

Lindo Serviço | 6

Nova rubrica satírica e gastronómica quinzenal assinada por O Tatonas.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Lindo Serviço | 5

Nova rubrica satírica e gastronómica quinzenal assinada por O Tatonas.

quote-icon
Ler mais small-arrow
Contribuir small-arrow