Contribuir small-arrow
Voltar à home
Contribuam

Coimbra Coolectiva

Subscrevam

Newsletter

Atirem

Sugestões e comentários

Contribuam: o nosso impacto está nas vossas mãos

Sabiam que se cada pessoa que visitou a Coimbra Coolectiva no último mês tivesse doado 5€, teríamos financiado o próximo ano do projeto? Precisamos do vosso apoio para continuar a fazer jornalismo de soluções em Coimbra. Vejam o nosso novo vídeo e saibam como podem fazer a diferença.

Partilha

Fotografia: Mário Canelas

Contribuam

Coimbra Coolectiva

Subscrevam

Newsletter

Atirem

Sugestões e comentários

Todos os dias vamos para rua e conversamos com a cidade. Porquê? Porque gostamos de Coimbra e achamos que ela precisa de saber isso e de se conhecer melhor para transformar em realidade o potencial que está à vista de todos. É isso que nos motiva e é isso que sabemos que também sentem desse lado, mas muitas vezes não sabem o que fazer para ajudar.

Em Fevereiro, começámos a trilhar o desafiante caminho do jornalismo local livre e independente na cidade. Somos uma revista digital sem fins lucrativos e não aceitamos publicidade para podermos fazer bem o nosso trabalho. Comunicamos abraçando e aplaudindo mas também pegando na lupa, espicaçando e pondo o dedo na ferida. Falamos para todos, sem excepção, e não temos telhados de vidro.

Para perceberem melhor, pedimos a alguns protagonistas, intermediários, leitores e participantes das nossas histórias e iniciativas para falarem sobre o nosso impacto.

Este foi o resultado:

Contaram os sorrisos no vídeo?

Dizem-nos muitas vezes que fazemos um «trabalho incrível» e que somos uma «lufada de ar fresco», mas não queremos que quem nos segue seja um mero leitor ou leitora. Precisamos que trilhem este caminho connosco, que façam parte também através do vosso apoio concreto, depois passem a palavra e pelo caminho exerçam o vosso direito à cidade.

Como organização noticiosa financiada pelos leitores, contamos com a vossa generosidade. Façam o vosso donativo à Coimbra Coolectiva com o valor que acharem justo, para que todos possam continuar a beneficiar de reportagens, debates e outras iniciativas de qualidade, sobre os assuntos que têm impacto no dia-a-dia e mesmo no futuro de Coimbra. De Coimbra inteira, de Almalaguês à Lamarosa. A equipa é pequena e a maior parte não trabalha a tempo inteiro, mas com o vosso contributo podemos crescer, expandir-nos para zonas sobre as quais se fala menos e melhorar o nosso trabalho.

Não pediriamos se não fosse preciso. Acreditamos que é possível financiar um órgão de comunicação social com a execução do nosso plano de sustentabilidade financeira. As contribuições podem ser pontuais mas se forem regulares tanto melhor e nenhum valor é pequeno demais. O equivalente a um café por dia ou um jantar por mês faz a diferença e o vosso envolvimento também pode passar pelo voluntariado, trabalho pro-bono ou parcerias.

300 pessoas assistiram aos nossos debates, speed meeting, verdade ou consequência e oficina de soluções este ano. Mais de 400 mil leram os nossos artigos nestes 10 meses de jornalismo de soluções em Coimbra. Contámos mais de 300 histórias, cada uma delas com apelo à intervenção cidadã e às respostas para os desafios de cidade. Três mil já recebem a nossa newsletter todas as semanas, via email e telemóvel.

Acham muito?
Não fizemos nem metade do que queremos e vamos ainda fazer.

O nosso sentido de utilidade, responsabilidade e serviço público, atento a todas as sugestões que nos fazem chegar desse lado, fazem crescer a lista de projectos todos os dias mais um pouco. Juntem-se a nós e sejam agentes do desenvolvimento que querem para o sítio onde vivem, dentro do espírito que trazemos no nosso nome. Colectivamente temos mais força para puxar a brasa à sustentabilidade social, económica e ambiental, e fazer com que não sejam apenas palavras bonitas.

Apoiem-nos e contribuam para uma comunidade mais informada, mais unida e mais optimista, onde a mudança acontece de baixo para cima, agitando as águas com alternativas, acompanhando todo o processo e medindo resultados. Deste lado, comprometemo-nos a continuar a ser totalmente transparentes e disponibilizar o nosso trabalho diária e gratuitamente online para todos.

Mais Histórias

O que há para comprar e o que não tem preço na Feira dos 7 e dos 23

Centenário e quinzenal, há de tudo um pouco e para todos os gostos no mercado em Bencanta, inclusive um corredor de restauração e uma linha de transporte público exclusiva.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Bloco: viver e trabalhar na Baixa de Coimbra

Visitamos o estúdio de tecnologia fundado em 2015 com o foco no desenho de aplicações nativas Android. Escolheram estar na zona do Arnado e colocaram em prática a semana de quatro dias.

quote-icon
Ler mais small-arrow

Coisas para Fazer em Coimbra

A agenda está bem recheada e diversificada este fim-de-semana, com propostas para todos os gostos, idades e feitios.

quote-icon
Ler mais small-arrow
Contribuir small-arrow